quarta-feira, 26 de julho de 2017

O propósito

Faz pouco tempo que eu resolvi conhecer e entender mais sobre Budismo.

Eu sempre soube que eu tinha uma visão do mundo diferente da maioria das pessoas, inclusive da minha família. Não é de hoje que eu questiono todos os acontecimentos da vida e ficava de certa forma irritada por não ter uma resposta. Até um dia minha amiga me indicar um livro.

O Propósito de Sri Prem Baba, mudou minha vida. Confesso que o pensamento budista não é para qualquer um. Ainda existem explicações ou ensinamentos que para mim é difícil entender, mas de resto é incrível com um livro é capaz de trazer tantos sentimentos para mim. Eu me senti "em casa" lendo pois aquelas questões que eu tinha finalmente foram explicadas ou respondidas. Dúvidas que eu nem sabia que tinha foram respondidas. Pontos que nunca havia pensado me fizeram parar para refletir.

Parece um pouco confuso, mas é isso mesmo. A nossa vida é confusa e temos muitas questões a ser respondidas, e infelizmente nem todas as perguntas tem uma resposta. Ou pelo menos uma resposta que seja fácil de ser aceita.

Foi com esse livro que eu cheguei a uma conclusão, eu estava mentindo para mim mesma. Eu nāo estava/estou me sentindo completa. Para minha vida estiver completa eu preciso de amor. Quando eu falo de amor, não é de família ou amigos, mas sim daquele que eu evito falar. Daquele que evito pensar ou sentir. É confuso para mim, estar aqui do outro lado do oceano pensar em uma pessoa que para mim é a pessoa. E ao mesmo tempo saber que ela nāo é, e nem será aquela pessoa. É difícil eu querer aceitar que ela nunca será quem eu gostaria de ser, é difícil eu acreditar que um dia eu terei uma história romântica para contar para os outros. Eu sonho em ter filhos mas eu consigo apenas me ver adotando, porque eu não consigo me ver casando, e vivendo com alguém.

Eu perdi a esperança no amor. Não estou me fazendo de coitada ou algo assim, eu simplesmente nunca senti esse sentimento de certeza. Eu nunca amei e fui amada ao mesmo tempo por uma pessoa. Nunca vivi um amor de verdade. E para ser sincera não consigo me ver assim.

E isso me deixa me sentindo um pouco vazia. Eu gostaria de poder acreditar e viver tudo isso, mas de alguma forma tem um não na minha vida amorosa que não me permite viver isso.

Então é isso, eu finalmente confesso que: mudar para outro país não faz você simplesmente superar alguém, não faz você entender o amor ou acreditar nele.

Se esse texto fez não faz sentido para você, então você está tão confuso como eu.

Nenhum comentário:

Postar um comentário