quinta-feira, 13 de outubro de 2016

Carta ao Passado

Queria Ronnie, 

Infelizmente eu não posso enviar uma carta ao passado, mas se um dia tiver oportunidade eu gostaria de te contar algo importante: Não desista!

Essas últimas semanas tive que procurar algo no meus e-mails e encontrei várias coisas de três, cinco, seis anos atrás. Uma delas foi nossa carta que escrevemos uma carta com 16/17 anos para quando completarmos 18 anos. Logo depois encontrei um email em que enviamos para um coordenador da nossa  antiga escola um pouco depois de no formarmos no Ensino Médio.

Eu não deveria mas eu li tudo, e ler todas aquelas palavras me deixou emocionada demais. Você sempre foi muito sonhadora e felizmente eu sempre sonhou alto, mesmo com muitas criticas.  Só eu sei como foi lutar contra todos e até eu mesma quando eu parava para pensar em meus sonhos. 

Sonhar alto, ter esperança de que algo impossível poderia acontecer sempre fará parte de você e só eu sei quantas vezes você, eu choramos porque eu não tínhamos apoio, só eu sei o quanto foi difícil ver as pessoas terem a real felicidade e eu não ter ideia do que era isso. Não precisa ir longe para ver seus textos para saber que sempre dizia que talvez nunca seria feliz de verdade até viver o seu maior sonho.

Você vai viver muitas coisas, vai ser AuPair e essa experiência não satisfará os seus  desejos. Você voltará para o Brasil em 2014 morrendo de saudade de tudo e de todos, uma saudade que em uma semana já terá acabado e estará desesperada para sair de lá. Estudar no Brasil nunca fez parte dos seus sonhos, você estará no Brasil mas saberá que a sua felicidade nunca esteve lá e que enquanto não estivesse morando e estudando nos EUA não irá se sentir completa. E eu mal posso acreditar no quão certa estavámos.

"Luisa (nome fictício) entrou para uma faculdade americana, espero que logo seja a minha vez." 

"...ainda não posso fazer o Jornalismo então farei Administração que é a área do meu trabalho, não o que eu quero mas realmente sonhos não são realizados sem esforços, caso contrário a vida não teria sentido, quer dizer, eu acho."  - 2012.

Essa pode ser você, mais uma vez tentando provar que está feliz, mais uma vez tentando aceitar a realidade que talvez essa chance nunca chegará, mas acredite ela chegará.

Hoje eu choro lendo isso porque seis anos depois eu estou vivendo tudo isso, parece que tudo na minha vida faz sentido agora, tudo parece que está se encaixando e essa vida de estudante agora oficialmente de jornalismo está dando tudo mais que certo.

Ainda é bem fresco na minha memória todos os sentimentos, bons e ruins. É emocionante demais realizar um sonho, mas ao mesmo tempo é dolorido demais lembrar do que eu senti e passei. Ronnie, as coisas estão difíceis agora, você ainda tem muito que enfrentar. Talvez seus piores dias ainda estão por vir, esse é apenas um começo de uma longa tempestade. Tente ser forte, tente viver mais, tente acreditar mais, se eu soubesse de tudo o que aconteceria no final eu teria feito várias coisas diferentes.
Não desista.

Na carta que você escreveu para a Ronnie do futuro (em 2012), você leu, você choroy e se decepcionou pois não estava nem perto de realizar tudo, aguenta firme que sua vez está chegando.

Uma coisa eu garanto, nada é impossível.

Fique bem, você está sofrendo agora, você está prestes a desistir, mas não faça isso.

Com amor,

Ronnie, você do futuro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário