terça-feira, 28 de abril de 2015

A Pior parte de cuidar de bebês


Como tudo na vida tudo tem um lado bom e um ruim.
Se eu disser que cuidar de bebês é a melhor coisa do mundo eu vou estar mentindo, mas não porque os babies são ruins mas porque existem dias que você não está se sentindo bem, eles não estão bem e você tem um dia difícil.

Mas não existe nada mais maravilhoso que fazer parte da vida de um bebê.

Faz cinco meses que eu saí da minha  última casa e oito meses da primeira que fiquei mais tempo.

Mesmo que eu com a baby número 01 no final estava feliz em mudar de casa ele foi e sempre será meu bebê. Hoje eu recebi uma foto dela e do irmão, foto recente de alguns dias atrás. E mais uma vez estou eu vendo vídeos e fotos de quando eu cuidava dela. Dói ver criança crescer, hoje ela tem dois anos e três meses. Eu estava lá quando ela deu as primeiras palmas, eu filmei quando ela engatinhou e andou a primeira vez, estava junto das primeiras palavras e contribuí para isso. Eu filmei, eu estava lá, ela simplesmente cabia no meu braço quando eu cheguei e a colocava para dormir.

Meu pequeno Mogli, bebê número 02, meu carinhoso, sorridente, feliz e alegre bebê. Ainda consigo lembrar dele me chamando lá em baixo da escada várias e várias vezes simplesmente porque ele queria me ver, porque ele me amava.

Só de ver a carinha de como eles me olhavam destrói meu coração.

Parece que tudo foi ontem e é uma pensa que crianças crescem e esquecem.
Crianças são a maior prova que amor existe, não importa o que acontece não há nada mais sincero e abençoado do que ter um bebê como parte de sua vida ou no meu caso, na memória.

Para eles sou apenas uma estranha e para mim eles sempre serão meus bebês.

Nenhum comentário:

Postar um comentário