segunda-feira, 26 de janeiro de 2015

It is what it is

Eu me lembro quando e quem me falou isso pela primeira vez na vida, acaba sendo marcante porque é triste, mas é verdade.

EU me lembro que meu período morando nos EUA eu vivia com mini desafios/problemas e eu sempre, sempre no fundo quero que alguém me diga e fale, não se preocupe vou resolver isso para você, ou as vezes um simples "vai dar tudo certo" é bem vindo.

Tinha uma vizinha vou chama-la de Lisa,  eu não sei porque mas eu não confiava nela, não tinha a certeza se eu gostava ou desgostava dela, ela era legal demais para ser verdade, as vezes ela me tratava tão bem que me sentia culpada, as vezes ela era meio irônica, as vezes eu estranhava como ela me tratava, não sabia o que pensar dela, as vezes é apenas parte da cultura dela.

Apesar disso ela me fez bastante companhia, principalmente na época dark que vivi lá. E um dia eu estava bem desanimada e explicando uma situação que eu estava preste a viver, nada agradável, ela olhou para mim e me disse: It's what it is.

Oooooouuucht 

Doeu mais que um tapa na cara, quem precisa de um inimigo se tem uma pessoa dessas para jogar uma frase dessas na sua cara.
Até hoje eu ainda sinto uma raivinha, não que eu queria que ela resolvesse meu problema, mas um conselho, um "te entendo" qualquer coisa seria melhor que usar essa frase. Porém hoje eu entendo que na verdade ela não teria coisa melhor para me dizer, a situação que eu ia viver iria acontecer de qualquer maneira, a vida é sacana, e você só tem que fazer uma coisa: aceitar e seguir em frente.

E se por a caso você não sabe o significado, It's what it is para você ;)

Nenhum comentário:

Postar um comentário