segunda-feira, 12 de janeiro de 2015

Desafio da foto

Eu estou grata por ter esperado até agora para escrever esse texto.

Uma leitora muito especial me desafiou com a seguinte explicação: "Tire uma foto de algo que represente antes e o depois de você viajar e explique o que mudou."  - A.C

Desde que ela me me falou eu sabia qual seria minha foto, eu tenho um desejo interno de desafiar várias pessoas de olharem para o espelho e escrevessem sobre esse magnifico e curioso objeto. Não daria nenhuma explicação a mais, apenas quero saber o que uma pessoa pode escrever apenas olhando aquele espelho.

No me caso eu obviamente iria tirar uma foto do espelho e falar sobre o que mais mudou, eu mesma, mas como eu não gosto de fotos no espelho resolvi tirar uma foto minha mesmo e seguir com o desafio.


Como disse eu estou feliz por ter esperado quase dois meses depois que voltei de viagem para escrever esse texto, porque esse final de semana e últimas semanas foram mais que surpreendentes para mim, diria até reveladoras.

Então quem sou eu?

Poderia olhar no espelho e ver que aquela menina ali, passou por felicidades e tristeza, passou por um crescimento pessoal e físico, eu podia ver que os sonhos e realidades eram diferentes porém iguais, refletida ali tinha uma menina corajosa e decidida, diferente daquela menina medrosa e duvidosa que antes eu era. Eu tinha certeza que mudei meu modo de pensar em muitas coisas, mudei minha opinião sobre muitas pessoas, mas não imaginava o quanto iria me mudar, ou seria mesmo trazer de volta quem eu sempre fui?

Eu sempre disse que não sou uma pessoa de festas, e não é mentira porque quem me conhece sabe que eu não gosto, mas a  três semanas estava eu experimentando um momento, uma festa que eu amei, e me fez perceber que eu gostava de festas, mas com as pessoas certas.

Nesse último final de semana eu fiz algo que eu nunca fiz na minha vida, eu decidi sumir, eu não estava me sentindo bem, tinha muita coisa na minha cabeça e eu resolvi de última hora ir para a praia sem avisar ninguém e sem internet. Eu não ia à praia , a no mínimo três anos, quando eu digo ir a praia é ir até o mar e molhar os pés na água. E me surpreendi ao me pegar sentada na praia por uma, duas ou até mais horas curtindo a praia, me vi entrando na água e mergulhando e aproveitando algo que eu não fazia no mínimo cinco a seis anos. Quanto a internet, na casa em que eu fiquei totalmente sem internet, apenas tendo acesso a noite quando ia na casa da minha tia.

Sabe o que é pior de tudo isso? Eu gostei.

Eu gostei de fugir, gostei de não ter que ficar respondendo mensagens o dia inteiro, gostei de ter o final de semana para mim.

Talvez eu mudei, talvez eu voltei a ser a mesma, não sei; mas uma coisa eu tenho certeza, minha viagem fez eu ser mais livre e me preocupar menos com o que vão pensar de mim.


That's all folks!

Ronnie.

Nenhum comentário:

Postar um comentário