sábado, 11 de outubro de 2014

Contos de Fadas

Toda menina tem seu conto de fadas favorito, todo menina já assistiu e leu milhões de vezes as mesmas histórias e nunca se cansaram.

Era uma vez um final feliz.

Quem não nunca sonhou com seu príncipe encantado que atire a primeira pedra, é natural que até mesmo sendo hoje uma mulher as vezes nos pegamos sonhando com o "the one", é inevitável com tantos filmes, livros e tudo isso.

Eu mesma tinha minhas princesas favoritas, Branca de Neve e A Bela Adormecida, em minha opinião  as melhores, mas não vamos entrar em detalhes ou discussões cada uma tem sua opinião. Mas mesmo essas sendo minhas princesas favoritas, estava longe de ser minha história favorita, e para minha sorte, essa história não durava uma hora e meia, e muito menos terminava em apenas um capítulo. Minha história favorita na verdade durou quase nove meses, e meu príncipe dos sonhos chamava Danilo.

Se você me conhece bem já sabe o que estou falando, mas caso ainda está pensando em todas as histórias do mundo, estou me referindo a Chocolate com Pimenta, e meus amados Aninha e Danilo <3 p="">
Eu tive a sorte dessa novela ser repoisada duas vezes depois de ser transmitida originalmente em 2003. Faz já onze anos e eu continuo tendo as mesmas reações desde a primeira vez que eu assisti com nove anos. Esse com certeza é um sentimento que eu não consigo colocar em palavras, é diferente de amor (pela novela/casal), acho que o que mais chega perto do que sinto toda vez que eles tem suas cenas românticas.

Para voce ter noção de como eu não consigo me controlar quando se trata de Chocolate com Pimenta,  nesse exato momento são duas da manhã e eu comecei assistir o primeiro episódio as onze da manhã e só parei por uma ou duas horas, calculando então eu diria que estou assistindo por umas doze horas,  obviamente cansei de assistir o resto e só corto para as cenas da Ana e do Danilo, eu não sei como isso acontece comigo.

Talvez eu considero esse sentimento mas próximo de outro, que é bem forte em mim, esperança.


Uma pequena curiosidade: meu episódio favorito é o 29.

Nenhum comentário:

Postar um comentário