terça-feira, 3 de setembro de 2013

GOD BLESS AMERICA

Meu Deus nem sei por onde começo.

Ah sim, primeiramente Deus. Obrigada Senhor por tudo.

Venho dizendo isso a muito tempo, só eu posso dizer o quão feliz estou, o quão necessitava dessa felicidade, só eu sei o quanto sofri, e finalmente posso dizer que sinto que pertenço a algum lugar e sei onde quero ir. 

A semana voou, eu quase nem vi passar, foi fácil pois o host estava em casa para me ajudar, e no começo foi meio difícil a baby não pegava a mamadeira comigo de jeito nenhum, dormir então a "nap" dela quase nem existia..... mas como Deus é bom e o tempo cura tudo, hoje ela pegou a mamadeira como se fosse uma coisa que ela fazia a anos, e acreditem, isso foi apenas hoje, juro que quase chorei de felicidade, até achei que aquela baby de sete meses estava brincando comigo. Depois ela ainda comeu bastante da papinha dela, nossa como fiquei mais aliviada com tudo.

Vou voltar a esse final de semana e já volto ao dia de hoje,

Sábado, depois de dez dias falando falando quase só inglês, marquei de ir ao shopping com mais duas brasileiras. Mas sabe como é, tudo tem que ficar um pouco mais difícil e meu cartão não havia chego, então meu host me levou até o banco e fomos buscar dinheiro. Enfim, sabe como brasileiro é festeiro, acabamos indo em cinco no shopping.

Primeiro stop: Almoço, please! Estávamos todas morrendo de fome. Obviamente comi minha parmegianna preferida. Infelizmenre não veio acompanhada do arroz.

Segundo stop: Forever 21. Sério, algo está muito errado, porque essa loja tem coisas maravilhosas demais por preços ridiculamente baratas, eu já cansei de ficar brava, parei de comparar preço, porque ficava o dia todo fazendo isso. Essa loja é uma loucura! Comprei uma mochila que precisava e estava aguardando desde o Brasil para comprar, meias, uma blusa e uma sapatilha. Viu mãe, nenhuma tranqueira té agora ;)

Terceiro Stop: Papaya. Como eu sou bem direta, eu paguei o que queria e segui com mais duas meninas para a loja da frente, mas eu não gostei de nada, e não gosto de ficar rodando a loja toda, as meninas com certeza estavam fazendo isso, então vi uma regatinha que precisaria para usar no dia seguinte (por três dólares) e escapei para a loja do lado. Eu tinha certeza que o tempo que elas gastariam lá daria para eu sair, voltar e ninguém notar. Dito e feito, fui na loja do lado, era de música. :D Fones de ouvido.... precisava de um headphone e que não fosse caro, para ter meu momento aqui escrevendo e não me distraindo com nada. O shopping todo estava em promoção por conta do feriado de hoje (Segunda - Labor Day), então recuei, virei as costas, cheguei na Papaya, pensei e voltei correndo para loja de música e escolhi um headphone por dez dólares. Não precisava ser de marca, sei que as coisas mais baratas aqui tem qualidades tão boas quando as caras lá no Brasil. (As vezes falando eu ainda me refiro aqui como Brasil, mas nesse caso é USA mesmo). 

Quarto Stop: As meninas seguiram para a Hollister, eu parei para colocar uma skin no meu iphone novo .-. Acabou que fiquei conversando com a moça que aplicou a skin. Ela é Ucraniana e veio ao Estados Unidos como AuPair por dois anos, bom e acho que ela acabou ficando, ela disse que se eu quisesse voltar para tirar dúvidas eu poderia ir quando quiser. Uma fofa.

Quinta e para a alegria do meu dinheiro, a última: Abercrombie. Entrei com a ideia na cabeça que não ia comprar nada, e não tinha intenção nenhuma, já que sabia que a loja era barata. Só que eu esqueci que o shopping estava com Sale e os descontos aqui não são como no Brasil que você tem quase nada. Enfim.... acabei comprando duas blusas por onze dólares. Sim duas por onze da Abrcrombie, e nem era em Outlet. Acho que sorte como essa nunca mais. Mais uma vez. Coisas úteis.

Meu host me buscou e ainda passamos em uma lanchonete típica americana, e tenho que dizer, esse povo sabe fazer hamburguer. Comi um dos maiores e melhores hamburguers da minha vida.

Obs do dia (sábado): Brasil é muito caro, muito caro.


Domingo.

Havia combinado com uma das meninas que fui ao shopping de ir com mais alguns amigos dela da igreja que na verdade ela conhecia a um dia uma menina e a uma semana o menino e seu amigo desconhecido por ela de que iríamos de carro a Nova Iorque para ir ao Brazilian Day. Ok. Vamos recapitular. Eu conhecia Zoe (ela também é babá e é de São Paulo) apenas pela internet até então, a conheci pessoalmente nesse sábado, e topei ir a uma viagem de no mínimo três horas e meia de carro com mais três desconhecidos.  após apenas umas semana aqui. Não sei como meus host deixaram porque minha mãe não deixaria eu fazer isso, e provavelmente a Ronnie que vivia no Brasil, nunca faria.

Eram seis e cinquenta, conforme combinado, o amigo dela e o desconhecido estavam na porta de casa esperando para me pegar, Zoe e mais a menina que estava se trocando. Uma meia hora depois estávamos os cinco na estrada. Eu estava muito nervosa, arrependida, todos eles pareciam e de fato eram estranhos para mim, a única que não fez meu radar de desconfiança ficar em alerta foi Zoe. Estava ali na janela ouvindo funk ou pagode que o motorista colocou, tentando não pensar nas tragédias que poderia acontecer nessa viagem, até que o motorista desligou o som e começou a rezar e pedir a Deus por uma boa viagem, Verdade, eu naquela altura tinha esquecido que eles eram da igreja, os meninos já vivem a mais de quatro ou cinco anos aqui, vieram com a família e aqui estão. Como disse foram umas três horas e meia de viagem, depois de sei lá quantos pedágios e com uma parada e estávamos em New Jersey.

Estacionamos o carro e pegamos o trem que tenho que dizer humilha ao trem de São Paulo, após todas essas horas eu já havia me sentido mal, pois fiz uma tatuagem no dedo INDICADOR com um sinal de igual, simbolizando e desejando que as pessoas sejam mais iguais e não julguem antes de conhecer, e eu havia acabado de fazer o mesmo. A última vez que julguei alguém na mente é claro antes de conhecer, acabei descobrindo uma das pessoas mais fofas e que se tornou mais próxima em pouco tempo (minha amiguita chiquita del Colômbia). Enfim, eu adorei os dois meninos, eles pareciam ser de família e gente boas apesar de serem totalmente o tipo de pessoas que eu ficaria longe (novamente uma mudança da antiga Ronnie). Eu já tinha me arriscado, já estava ali só tinha que curtir. Não tinha volta de qualquer jeito.

Chegamos a rua em que estava acontecendo o Brazilian Day e eu fiquei chocada. Acho que tinha mais brasileiros lá do que no Brasil. Você olhava para a rua e não via o fim das pessoas, era uma multidão, uma onda interminável de verde e amarelo, emocionante até certo ponto, porque quem é brasileiro sabe o quanto nosso povo é sujo, barraqueiro e enfim, como esperado tinha muitos jucas lá, muitos.

Seguimos para onde tinha menos gente, os shows eram as últimas coisas que queríamos ver, então como havíamos acabado de comer no Burguer King, lamentamos não poder aproveitar da comida Brasileira que tinha disponível lá. As mais típicas como Pastel, Pão de Queijo, Churrasco, Salgados, Brigadeiro, Churros e etc. Andamos até o Central Park e pude finalmente conhecer parte dele, quer dizer uma pequena parte porque aquele lugar é enorme. Deitamos os cinco em uma pedra enorme e dormimos e ficamos lá por cerca de duas horas. Fizemos todo o nosso caminho de volta para o Brazilian Day comemos nossos Pastéis e tomamos nosso amado Guaraná (um dólar) e voltamos para casa.

Ao fim do dia já sabíamos muito um dos outros, na verdade não muito sobre mim, apesar de eu ser sempre muito extrovertida e falante, eu ouvi pelo menos umas três vezes a frase "Ronnie você está falando muito, para de falar um pouco" uma brincadeira irônica que adoro fazer com aquelas pessoas que são master quietas. Eu disse que eles eram legais só que de qualquer maneira não confiava totalmente e não me senti bem por perto deles. Talvez seja porque minha suspeita e "confiança" em alguém ainda esteja afetada ou talvez seja pelo outro motivo. No fim do dia podia até rir e conversar mais, só que tenho que deixar uma observação, por mais que ela pareça legal, não confio na menina que estava com a gente, talvez se no futuro a encontrar posso descobrir que estou errada, mas por enquanto, não vou conseguir confiar.

Conclusões sobre esse dia:

Essa com certeza foi uma das maiores loucuras da minha vida, até agora não acredito que fiz isso. Já perdi grandes oportunidades na minha vida recusando e ficando com medo dessas loucuras, mas sabe de uma coisa? Essa com certeza é uma das minhas loucuras favoritas.


Cheguei em casa hoje, sim hoje, quase duas da manhã. Meus hosts fofinhos avisaram que eu iria trabalhar hoje mesmo sendo feriado mas que teria eles em casa então seria mais sossegado o dia. E já que eu ia chegar tarde e cansada e que eles estariam em casa, eu poderia dormir até as dez da manhã e descansasse bem. Ainda bem que fiz isso, foi meu primeiro dia que ficaria com a baby e com Lucca sozinha. Eu tinha o receio que ele não gostava e não sentia tão confortável comigo, mas acho que depois de hoje eu o conquistei.

Enquanto a baby estava na nap dela decidi brincar um pouco com ele, ele sugeriu que jogássemos um futebol. Nossa, a muito tempo não me divertia tanto e ria. Eu estava realizada porque dava para notar que ele estava se divertindo, e logo a tarde ele quis uma revanche já que a brasileira aqui ganhou. Fui justa com a idade dele, haha mentira, ele joga bem para idade dele. Não se preocupem, jogamos um mini futebol na sala, não saímos de casa e controlávamos o sono da baby pela câmera. Nenhum móvel foi quebrado, mas não tenho certeza dos meus dedos do pé.

A noite saímos para jantar e depois passamos em uma loja em que pirei, com certeza é a loja mais legal que já fui na minha vida. Minha host riu quando dei mais uma vez pulinhos de alegria, me senti uma criança andando por todos os lados e com os olhos brilhantes. Tudo de Crafts e Arts. Tudo muito barato (claro) tudo para você mesmo fazer/pintar/criar. TUDO. Um dia falarei mais sobre essa loja.

Meu dia ficou mais abençoado quando eu estava assistindo um livestream dos Jonas Brothers onde eles anunciariam mais algumas cidades para ter show deles. Eles diziam que nós iriamos escolher a cidade, e tínhamos que ficar falando a cidade, mas agora pensando bem.... Eles não podem falar a cidade e a data sem ter um contrato antes, então era tudo armação que acabou sendo surpresa, pois eu queria muito um show pelo menos em Washington DC onde eles nunca veem e que pudesse ver. Doce sonho, estava quase fechando de tanta tortura ver as cidades que eles estavam falando porque não conheço nenhuma fã de DC e não esperava que eles falassem aqui, e realmente eles não falaram, mas de repente eu ouvir eles falarem MD. Eu parei e falei: Nãoooo, não pode ser. E Sim Maryland terá um show dos Jonas Brothers dia 21 de Outubro.  Eu ia no show da Beyoncé em dezembro mas.... disse bem ia. Dessa vez sem pé quebrado!

Tem como ficar melhor?

Confesso que é ruim não ter ninguém muito próximo tanto fisicamente como emocionalmente aqui para conversar e não me sentir "sozinha" de vez em quando, mesmo que eu me sinta muito bem e bem tratada aqui. Sei lá, antes eu tinha todo mundo, agora hahahaha to começando a ficar louca por uma amiga/amigo.  

Estava conversando com a minha host sobre os meus sentimentos, gosto de sempre poder falar com ela sobre tudo e contei que criei a frase " Você chora de saudades até mesmo no paraíso" e ela disse que sou muito matura para minha idade. As pessoas dizem que em um intercâmbio você cresce, e muita coisa muda. Acreditem ou não, eu me sinto muito, mas muito mudada, em apenas duas semanas. Esse pode não ser o lugar dos sonhos de todo mundo, mas eu me sinto diferente, me sinto feliz, me sinto mudada.

Dessa vez, hoje, eu chorei de felicidade. #blessed.


Nenhum comentário:

Postar um comentário