segunda-feira, 26 de agosto de 2013

Unforgetable Week

Cheguei na segunda feira de manhã em Nova Iorque, meu Deus que saudade que estava daquela cidade, parecia tão surreal o fato de eu estar lá e de esperar por tudo o que vai acontecer daqui para frente :)

O grupo de meninas brasileiras eram entre 20 meninas ou um pouco mais ou menos, enfim, depois de separarem os quartos nós teríamos o dia livre pois no dia seguinte iria começar nossas "aulas". Nada melhor do que passar a tarde no Walmart dos EUA, sério, que lugar enorme, são tantas coisas com preço tão pequeno que a gente é obrigada postar fotos no facebook para provar que o Pringles lá custa $1,50 e a gente paga quase dez reais.

Dia bem cansativo, mas no final todas as meninas compraram tranqueiras e ficamos nessa primeira noite conversando até tarde e comendo obviamente muita batata. Seis da manhã o telefone toca para nos acordar, é hora de levantar, tomar café da manhã e começar o treinamento.
No primeiro dia as meninas que ficariam no grupo para "especialistas" em menores de dois anos se separaram do resto das 150 meninas do mundo todo. Me lembro muito bem que a nossa "professora" disse que no final da semana nos tornaríamos quase irmãs. E ela estava totalmente certa, quinta feira foi dia de despedir das outras meninas que não eram "Infanto" e sexta foi mais triste ainda pois estávamos todas tristes porque nós havíamos realmente nos unido muito, eu, mais umas brasileiras, uma colombiana e duas tchecas.


Nem preciso dizer que passar duas tardes em NY foi incrível né? Meu hotel ficava em New Jersey, cidade do lado de NY, porém linda. Foi terrível saber que os Jonas e A Miley resolveram ir para lá justamente quando eu não podia sair do hotel, nem ir a onde quero e tinha horário para estar no quarto. Frustante, mas de qualquer forma, pude ver muitos jogadores do New York Giants porque estavam hospedados no hotel. Tenho que dizer.... eles são grandes mesmo, não é só o nome! E eu sem querer vi que eles estavam fazendo uma festinha em um dos andares fechados para eles, com direito a copinho vermelho americano e tudo.

No final da semana estávamos todas ansiosas para conhecerem nossas famílias e ainda para dar mais um tchau, também foi difícil dar tchau porque apesar de todas estarem no mesmo país, esse lugar aqui é enorme, não nos vamos ver tão cedo. O que mais nos juntou foi o fato de todas estarem vivendo o mesmo momento e sentindo a mesma coisa.

Sexta feira, depois de mais de seis horas no aeroporto esperando o voo e uma pequena soneca, sigo de Nova Iorque para Baltimore em um voo baixo e não turbulento a caminho de encontrar minha host family.
Obs:. Só porque o voo não teve turbulência não significa que fiquei com medo, muito pelo contrario o avião é tão pequeno e eu tinha preconceito com os menores achando que seria pior as viagens, mas eles são bem melhores!

Obviamente cheguei e a primeira coisa que fui fazer era xixi, depois disso segui para área onde você recolhe sua mala, pois lá havia sido o lugar onde meu host dad disse que estaria com seu filho.
Meu coração estava acelerado, respiração rápida, assim que peguei minha mala, olhei para trás e.....

Nenhum comentário:

Postar um comentário