segunda-feira, 26 de agosto de 2013

Hora de dar tchau

Já disse aqui que não é fácil dizer tchau, e não é mesmo, nunca vai ser.

Dizia meus amados e queridos Coldplay "Nobody said it was easy, nobody said it would be this hard (Ninguém disse que seria fácil, ninguém jamais disse que seria tão difícil assim) ". Então eu uma boa e seguidora dos ansiosos anônimos não deixei de quase nem dormir a noite, passar o dia em casa andando para todos os lados  esperando o tempo passar, e que obviamente demorou mais. Pensando agora o tempo voou mas vivendo ele, demorou pacas.

Enfim, comecei a me desvencilhar do Brasil começando pelo Bradesco, demorei porque esse banco lindinho sempre tem algum problema e nunca, nunca pode resolver na hora. Então minha felicidade master foi quebrar meu cartão, mas eu sabia que o mais difícil não seria um banco.

Para muitas amigas que ficaram o mês falando na minha viagem eu as proibi em falar no assunto porque se eu aprofundar no assunto porque eu já tinha vontade de chorar. Assim como agora não quero me aprofundar muito, vou ser mais direta.

Preparei uma festa de despedida, quase fali meus pais, porque o meu dinheiro havia acabado e eu virei uma "máquina de gastar dinheiro" fique até com dó.Vieram muitas pessoas, muito mais do que eu imaginava que realmente vinham. Algumas infelizmente não puderam vim mas eu acabei dando um jeito de ver depois ou simplesmente não deu. Mas foi tudo bem porque minha ficha estava bem longe de cair. Na verdade ainda não caiu.

Um dia antes de ir embora uma amiga me levou ao Outback e lá estavam alguns amigos e além do jantar ganhei uma caixa com recados de todos que foram na desta e de uma bandeira do brasil toda assinada que veio dentro de uma caixa toda personalizada com fotos minhas com minha família e amigos além de frases que eu amo e etc. Além de muitos Minions.

Ah não posso esquecer da surpresa dos meus pais, além de tudo que eles gastaram eles mandaram fazer junto com a minha irmã um banner lindo de Minions também de despedida.

Olha, mesmo com a ficha não caindo eu não posso negar que fiquei mal em me despedir de algumas pessoas, mesmo que não seja um Adeus final porque como minha tia disse ainda vamos nos falar e nos ver, isso mexe muito.  No Aeroporto tive uma pequena surpresa de duas amigas aparecerem, duas que não puderam ir na festa e elas conseguiram chegar alguns minutos antes de eu embarcar para essa nova e longa vida nova :)

Nenhum comentário:

Postar um comentário