segunda-feira, 20 de setembro de 2010

Nada além da realidade

11 de junho de 2006
Foi nesse dia em que Dereck e Aly se conheceram. - Nunca posso esquecer desse dia!


Desde o primeiro dia Dereck e Aly tornaram-se melhores amigos, com o tempo tornaram-se mais que amigos.Passavam horas e horas conversando ao telefone. Aly definitivamente estava completamente apaixonada por Dereck, sonhava abraçada do telefone para sentir-se mais próxima de seu primeiro amor.
Dereck mais reservado já era apaixonado por Aly antes mesmo de conhece-la, não deixava um minuto se quer sem pensar nela.

Aly e Dereck tem em coincidência a fama, por isso escolheram manter o namoro em sigilo, apenas entre os amigos mais próximos e familiares! Não havia melhor jeito de expressar o amor como música, já imaginou certo?? Muitas músicas foram provas de que nada mais importava, o mundo havia parado, Aly queria estar 24 horas por dia com Dereck e vice- versa.

História linda não? Até parece conto de fadas, sim é real porém nem tudo tem final feliz. Aly e Dereck terminaram depois de quase dois anos juntos.Os dois eram muito jovens e precisavam crescer e conhecer pessoas novas, ninguém poderá saber o que o futuro trará! Não se sabe ao certo o motivo do fim do namoro, mas estava muito claro que eles nunca deixaram de se amar.

Dois anos depois, como eu disse, Dereck e Aly conheceram novas pessoas, chegaram a voltarar ano passado, mas por algum motivo terminaram novamente, não tiveram nenhum relacionamento que durou mais que alguns meses.
Hoje Aly está namorando Greg, Dereck está sozinho, mas todos sabem com quem ele gostaria de estar.

Eu não acredito que essa história tenha acabado há dois anos, na minha opinião muita coisa ainda há de acontecer.

A música é a principal conecção entre eles, Aly que antes era a mais aberta, agora é mais reservada quando se trata de seu sentimento ao Dereck.
Já ele que antes reservado, faz questão que o mundo todo (literalmente) saiba quem ele ama.Uma história sem fim... Tudo agora depende do Dereck correr atrás de quem ele ama.


Um amor quase ipossível, uma história verídica

Nenhum comentário:

Postar um comentário