sexta-feira, 23 de abril de 2010

E quando você tem quize anos parece que não há nada mais a descobrir.

Hoje já tenho 16 anos, e sempre tive vontade de dizer como foram meus quinze anos, e acho que agora é mais do que na hora. Estão preparados para mais um de minhas reclamações? Bom, lá vamos nós...

Tudo começa com um sonho... (novidade)

Desde pequena eu SEMPRE fazia os mesmos quatro desejos, não me pergunte porque, mas eram sempre os mesmos e meus pais fazem questão de me lembrar todo dia...

A qualquer chance que eu tinha de fazer um lá estava eu com meus únicos desejos:

1- Ser loira ( ps: já disse não me pergunte porque!)
2- Ter olhos azuis ( olhos claros são minha maior paixão)
3- Ser magra ( okay, esse é o sonho de todas)
4- ter uma festa de quinze anos, como em filmes, com direito vestido e tudo, minha inspiração? Cinderela.

Até meus dez anos esses foram meus desejos, até entrar no meu colégio e tudo mudou. Onde ser magra era prioridade para se enturmar (ser loira era mais um motivo para ser chamada de burra), a cor dos olhos não afetava em nada, mas festa, esse sim foi o mais doloroso sonho que tive que desistir.

Estudar em uma escola com pessoas de um nível bem maior de classe social, quase não se encontra suas vantagens, para falar verdade não encontrei nenhuma até agora, mas enfim... para fazer uma festa você teria que ter muita grana e fazer uma festa MUITO boa, para não ser criticada e comparada com outras. Imagina a minha reação ao ouvir críticas chatas sobre festas que em minha opinião foram ótimas, eu imaginava:
" Se a festa que eu achava (mais uma vez eu sempre estou errada) que era boa, era criticada, uma festa que eu não chegaria ao nível as pessoas criticavam, imagine uma festa minha que não chegaria aos pés dessa? "

A partir daí, nunca mais fiz festa, meu aniversário é comemorado apenas entre familiares próximos. Foi triste desistir de um grande sonho, mas como na música diz "Eu descobri que o tempo pode curar qualquer coisa". Superei. "Me dei conta que tinha sonhos maiores".

Mesmo assim...
Eu me apeguei muito a essa música, apesar dela focar em um tema específico diferente do meu, ela envolve sobre uma decepção.

Ter quinze anos é o sonho de muitas meninas, como foi o meu, mas depois você acredita em tudo, acredita que todos seus sonhos vão realizar, mas acontece exatamente o contrário você realmente descobre que nada do que você imaginou acontecerá, porque quando você tem quinze, esquecemos de olhar antes de cair.

Eu acreditei que aos quinze seria o melhor ano da minha vida, onde meus maiores sonhos iriam realizar adivinhem? Nada disso aconteceu.

"Mas eu não sabia disso aos quinze."

Nenhum comentário:

Postar um comentário